Home

A Rádio Saracura é um projeto de rádio comunitário e arquivo audiovisual sediado no bairro do Bixiga, no centro de São Paulo, Brasil. O seu estúdio fixo habita a Vila Itororó e seu carrinho móvel percorre os territórios do Bixiga. Ela surgiu em parceria com o projeto “Goethe na Vila” do Goethe Institut-São Paulo, em setembro de 2018. Seu segundo ciclo, que trata das Novas Ecologias, acontece em agosto e setembro de 2019.

GRAVAÇÃO
Daniel Caballero: Bixiga Também é Cerrado
13.09.2019
Conversa com Daniel Caballero sobre o processo artístico de recriação do bioma cerrado na cidade através da ação ‘Cerrado Infinito’. Da colonização portuguesa e espanhola da América do Sul, passando pela ocupação estratégica da São Paulo dos “Campos de Piratininga” até a atual extinção do cerrado na cidade.
caballero
GRAVAÇÃO
Paisagem Sonora: Canto do Itororó
13.09.2019
Itororó, do Tupi Guarani i-tororó: rio barulhento, ou pequena cachoeira. Uma gravação da canção d’água de uma bica de água potável de uma das nascentes do rio Itororó no jardim da Vila Itororó.
Canto itororo
GRAVAÇÃO
Marta Argel: Aves do Bixiga
12.09.2019
Gravação com a bióloga Marta Argel sobre as expedições realizadas no Bixiga: Praça Dom Orione, Praça Una e territórios ecológicos de preservação das nascentes do Rio Saracura. Mapeamento das aves para uma nova consciência e percepção da coexistência das aves no bairro.
Aves do Bixiga
GRAVAÇÃO
Mapeamento das Aves da Vila Itororó
12.09.2019

Expedição com a bióloga Marta Argel pelo jardim das nascentes da Vila Itororó. Um bate-papo sobre as formas de vida das aves, seus cantos e suas formas de comunicação. Ao longo da conversa, mapeamento das aves que chegaram para visitar, interagir e cocriar com o jardim.

Mapeamento Aves Vila Itororo
GRAVAÇÃO
Instituto Bixiga: Cultura Infantil do Bixiga
11.09.2019
Uma narrativa etnográfica de 1940 do trabalho do sociólogo Florestan Fernandes sobre as ‘culturas infantis’ no bairro do Bixiga. Da repressão e violência aplicada às crianças pela ‘pedagogia do trabalho’ às estratégias de autonomia, horizontalidade e pactos sociais criados pelas próprias crianças através dos seus cantos e brincadeiras.
Instituto Bixiga